Braço Robótico

Braço Robótico

O projeto Braço Robótico é focado no desenvolvimento de aplicações envolvendo simples tarefas a serem executadas por um protótipo de um braço. Os passos para o desenvolvimento do mesmo, vão desde o estudo da cinemática envolvida até a programação na linguagem escolhida. A finalidade é estimular o aprendizado dos alunos envolvidos, tanto na parte teórica quanto na prática. O projeto demanda um conhecimento de eletrônica, robótica e também de programação, por exemplo, utilizando-se o software Matlab. Alguns estudos estão sendo feitos para estudar a viabilidade de replicação no braço, dessa vez com as peças feitas pela impressora 3D.

Calouro Web 2.0

Calouro Web 2.0

É realizado por uma equipe de petianos tendo como público alvo os calouros do curso de Engenharia Elétrica, em seu primeiro semestre na Faculdade. Este projeto possui, basicamente, objetivos direcionados a dois grupos distintos: os petianos, que o realizam, e os calouros, que dele participam. Seus fundamentos conceituais apoiam-se na filosofia da Aprendizagem Baseada em Problemas – PBL (Problem Based Learning), que é uma estratégia pedagógica centrada no estudante, na qual eles aprendem sobre o tema em um contexto de problemas reais, complexos e multifacetados.
Os alunos de cada habilitação – Sistemas de Potência, Sistemas Eletrônicos, Robótica e Automação Industrial e Energia – são divididos em grupos e cada equipe propõe um tema relacionado ao seu campo de atuação, o qual deve ser aprovado pelo petiano responsável da respectiva habilitação. Para isso, o contato entre os petianos e os alunos é realizado através do site do projeto – calouroweb.peteletrica.xyz.

Os calouros pesquisam o tema proposto pelo seu grupo, efetuam uma apresentação para o restante das equipes da respectiva habilitação e debatem, ao final do projeto, acerca de um tema escolhido dentre os propostos e apresentados, sendo que essa escolha é realizada pelo petiano responsável.
Os objetivos do projeto, para os calouros, são claros: trabalhando em equipes, identificam “o que já sabem, o que não sabem e o que precisam saber” para chegar à uma solução/diagnóstico/conclusão para o problema proposto relacionado aos impactos sociais da engenharia e, além disso, ampliam consideravelmente seus conhecimentos quanto à habilitação escolhida para a graduação e seu campo de atuação. Os petianos, neste contexto, atuam como tutores do processo, assumem o papel de facilitadores da aprendizagem, fornecendo a estrutura adequada para o desenvolvimento do processo através de perguntas de sondagem, fornecimento dos recursos apropriados, condução das discussões nos grupos, bem como planejando a sistemática de avaliação. Dessa forma, todos desenvolvem e reforçam suas competências transversais.
A participação dos calouros nesta atividade integrará a avaliação final da disciplina “Introdução à Engenharia Elétrica”, de acordo com uma programação realizada junto à Coordenação do Curso de Engenharia Elétrica, que incorporou o projeto às atividades desenvolvidas na disciplina.

Drone

Drone

Voltados inicialmente para o mercado militar o uso do VANT (veículo aéreo não tripulado) e drone têm crescido ao redor do mundo. Atualmente, mais de 40 países têm trabalhos de desenvolvimento com os drones e VANTs, que têm conquistado outras áreas que perceberam o potencial dessas aeronaves que agora são utilizadas na agricultura, monitoramento, reconhecimento tático, segurança, vigilância e mapeamento, entre outros.

Buscando conhecer mais sobre o construção, funcionamento e aplicação dos drones o PET-Elétrica propoem através da metodologia PBL (Problem-Based Learning) projetar e construir um drone do tipo quadrirrotor. Promovendo o desenvolvimento da habilidade de trabalhar em grupo, e também estimula o estudo individual, de acordo com os interesses e o ritmo de cada estudante.

Sendo um projeto voltado majoritariamente para a pesquisa, o objetivo do mesmo é mostrar o desenvolvimento (projeto e construção) de uma estrutura do tipo quadrirrotor, detalhar os componentes utilizados para a construção mecânica da plataforma produzidos com auxílio de uma impressora 3D, implementar um sistema de transmissão de imagem a longa distância em tempo real, bem como realizar voos autônomos em ambiente APM/Mission Planner.

Engenharia de Portas Abertas

Engenharia de Portas Abertas

O projeto Engenharia de Portas Abertas foi criado com o intuito de complementar o já executado projeto pelos PET’s e GET’s da Faculdade de Engenharia de Juiz de Fora, Engenharia nas Escolas.

Muitas vezes os alunos que ingressam algum curso de Engenharia ainda sentem muita dúvida em relação à sua escolha na Faculdade ou ainda não conhecem seu curso por inteiro. O projeto tem o intuito de trazer, principalmente, alunos de Ensino Médio e interessados à uma visita à Faculdade de Engenharia de Juiz de Fora, realizando uma manhã de visitação aos laboratórios de todas as áreas e uma exposição de projetos de diversos segmentos.

Além do PET Elétrica UFJF, o projeto conta com o apoio de mais de quinze segmentos diferentes da Faculdade, trazendo abordagens e perspectivas diferentes em cada área.

Energia Inteligente

Energia Inteligente

O Energia Inteligente consiste na construção de um espaço de discussão ampla sobre a questão energética no Brasil e no mundo, com enfoque sobre as novidades que se relacionam com este conteúdo, com as pesquisas em andamento, com as políticas públicas que estão sendo implantadas na produção, utilização e conservação da energia, bem como suas interações com o ambiente e seu impacto na sociedade.

O site nasceu em 2009 na forma de um blog, e hoje tem um visual muito mais arrojado e moderno, se assemelhando a um portal de notícias.

Lá você encontrará notícias, explicações de temas – com nossa aba Como Funciona?Entrevistas, o Especial EI e muito mais. Tendo como foco o universo da tecnologia e da Engenharia Elétrica, o site não se restringe a leitores engenheiros: prometemos que você irá gostar do conteúdo! A aba Como Funciona? foi criada com essa intenção: explicar para leigos assuntos da Engenharia, então não há desculpas para não saber como as coisas funcionam!

Não deixe de conhecer o nosso site: energiainteligenteufjf.com.br

Engenharia nas Escolas

Engenharia nas Escolas

O projeto Engenharia nas Escolas é destinado a alunos do ensino médio das escolas de Juiz de Fora. A UFJF disponibiliza dez cursos de engenharia, são eles: Engenharia Civil, Mecânica, Produção, Ambiental e Sanitária, Computacional, Elétrica e suas cinco ênfases, muitas vezes os alunos se inscrevem no processo seletivo sem conhecer quais áreas o curso abrange e o que o aluno virá a estudar de fato.

O projeto de caráter vocacional tem o intuito de mostrar aos alunos do ensino médio, com uma maior clareza, todos os detalhes e formas de ingresso na UFJF, quais cursos de engenharia são ofertados, o número de vagas, o que será estudado e quais as possíveis áreas de atuação no mercado de trabalho. Com isso irá se reduzir o número de pessoas que chegam ainda indecisas na faculdade de engenharia.

A atividade é realizada através de palestras, nas quais os petianos explicam as informações contidas em slides e vídeos. Para abranger os demais cursos de engenharia, o PET Elétrica trabalha junto aos outros grupos acadêmicos, que ficam encarregados de fazer apresentações das demais áreas.

Impressora 3D

Impressora 3D

O projeto RepRap tem o princípio de construir uma impressora 3D de forma replicável, em que ela pode imprimir as próprias peças estruturais e parte de sua eletrônica pode ser feita de forma simples e facilmente encontrada em plataformas open source pela internet, assim como toda sua montagem. A finalidade do projeto é estimular a criatividade e os atributos do engenheiro em resolver problemas, criando peças que se adaptem em outros projetos do nosso grupo e na criação de materiais para projetos de extensão, como por exemplo para criação de materiais educativos. O aluno tem muito a aprender nessa empreitada, passando por conhecimento em eletrônica, programação em Arduino, modelagem em CAD (Computer Aided Design), e alguns tópicos em termodinâmica e mecânica.

LinusBot

LinusBot

Para acessar as informações referentes à atual edição, clique aqui. Abaixo temos as informações sobre o projeto!

Núcleo de desenvolvimento: Programa de Educação Tutorial (PET) Engenharia Elétrica da UFJF.

Duração: Um período de 6 meses.

Objetivo: Aproximar os novatos de engenharia elétrica, mais cedo, ao mundo de desenvolvimento de projetos. Além de aperfeiçoar suas habilidades no quesito de formação de um engenheiro.

Descrição: LinusBot é um projeto de desenvolvimento de mão dupla. Na concepção do projeto, ele visa o aprimoramento de dois grupos principais, os calouros de engenharia elétrica e os próprios integrantes (equipe organizadora) do projeto.

Para os calouros, eles aprendem como montar um robô seguidor de linha (Linusbot) junto a uma equipe organizada por eles mesmos, além de desenvolver outras diversas habilidades¹*. E para a equipe organizadora do projeto, o foco é aperfeiçoar a competências²* relacionadas a aplicação de projetos.

O programa tem quatro etapas principais:

  1. Inscrição no projeto: As inscrições são abertas pelo PET para os calouros de engenharia elétrica no início de todo o período;
  2. Aulas práticas e teóricas: São ministradas aulas teóricas e práticas para os participantes, com o intuito de ensina-los sobre eletrônica e programação principalmente;
  3. Formação de equipe e montagem do seguidor de linha: Os calouros formam equipes pequenas para a construção do robô. Após isso dão início à montagem;
  4. Competição: As equipes que concluíram a montagem do robô participam de uma disputa aberta ao público e a equipe vencedora recebe um prêmio. Além do evento ser palco de uma competição, existem outros atrativos ao público, como sorteios e quiz.
  5. Avaliação: Ao fim do projeto, enviaremos um formulário avaliativo, que tem como objetivo fazer o LinusBot ser melhor a cada edição. Destaca-se que é necessário, para os participantes efetivos, responder o formulário de avaliação para receber o certificado.

1* – habilidades: trabalho em equipe, eletrônica básica, plataforma arduíno, lógica de programação, pesquisa autônoma, solução de problemas;

2* – competências: senso crítico, trabalho coletivo, oratória, liderança, empatia, solução de problemas, foco em resultado;

Vídeos Tutoriais

Vídeos Tutoriais

Utiliza o Youtube como plataforma para divulgar vídeos – feitos pelos próprios petianos – com assuntos de interesse para os alunos de Engenharia – alguma disciplina do curso de Engenharia Elétrica ou sobre algum tema de relevância, como alguma linguagem de programação -, e para o público em geral.  No processo de confecção dos vídeos, os petianos desenvolvem importantes habilidades transversais, como o poder de síntese, capacidade de comunicação e trabalho em equipe. Os vídeos são publicados periodicamente e podem ser na forma de uma aula expositiva, resolução de exercícios ou algum exemplo sobre o tema escolhido.